NOTÍCIAS & ARTIGOS

ENDIVIDADA, GAÚCHA STEMAC ENTRA COM PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL

18-Apr-2018

A Stemac, fabricante de geradores, entrou com pedido de recuperação judicial após contrair dívida de cerca de R$ 700 milhões. Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa, a iniciativa foi o melhor caminho encontrado pela empresa gaúcha para renegociar suas dívidas com credores e fornecedores, "diante da profunda recessão na economia brasileira que se desenrolou nos últimos três anos".

 

Assim, a empresa agora volta as atenções à sua reestruturação por meio de acordos estabelecidos em conjunto aos credores. "As estratégias são essencialmente mutáveis. Nunca priorizamos essa hipótese, mas, após uma série de desdobramentos no decorrer das negociações, o ingresso com a medida judicial se mostrou a atitude mais acertada e prudente para resguardar a capacidade da Stemac honrar seus compromissos com todas as partes interessadas, clientes, funcionários e fornecedores", afirma Valdo Marques, diretor de finanças e operações da empresa, em nota.

 

Após o deferimento do pedido de recuperação pelo Judiciário, a Stemac terá seis meses para aprovar, junto aos seus credores e à Justiça, o plano de reestruturação dos seus débitos. As dívidas contraídas até a data do deferimento serão congeladas e renegociadas. Todas as que forem feitas a partir de então serão integralmente cumpridas. Pagamentos de salários e benefícios de colaboradores não serão afetados pelo processo de recuperação judicial.

 

"De uma maneira geral, a recuperação atinge números positivos no que tange à correta execução dos acordos e à cooperação das partes envolvidas, tornando o processo mais seguro", avalia Marques, que ainda complementa que a instituição é "uma empresa que possui todos recursos operacionais necessários para manter suas atividades e uma equipe de gestores profissionais, que oferece a clientes, credores e fornecedores um ambiente seguro para as negociações".

 

Desde fevereiro de 2017, a Stemac trabalha em um processo de venda ou associação estratégica, que se encontra em estágio avançado. Segundo Marques, "o processo de recuperação judicial viabilizará a manutenção das atividades da empresa enquanto se trabalha na conclusão das negociações de fusões e aquisições. Hoje, há diversas empresas e potenciais investidores interessados na aquisição total ou parcial da empresa. O processo de recuperação judicial dá ainda mais segurança jurídica para a completa execução das negociações".

 

A empresa gaúcha conta com unidade fabril de 62 mil metros quadrados em Itumbiara, em Goiás, em espaço de 1 milhão de metros quadrados. A fábrica tem capacidade de produção de 1,5 mil grupos geradores por mês, sendo responsável por toda a linha de soluções Stemac. Em Porto Alegre, mantém a sede administrativa.

 

Fonte: Jornal do Comércio

 

MAIS NOTÍCIAS

MAIS ARTIGOS

contato@cesarperes.com.br  | 51-3232-5544 | Rua D. Pedro II, 568, Porto Alegre  RS

Membro da:

Logo TMA Brasil.org

contato@cesarperes.com.br  | 51-3232-5544 | Rua D. Pedro II, 568, Porto Alegre  RS

Membro da:

Logo TMA Brasil.org

Membro da:

contato@cesarperes.com.br

51-3232-5544

Rua D. Pedro II, 568, Porto Alegre  RS

Logo TMA Brasil.org

contato@cesarperes.com.br

51-3232-5544

Rua D. Pedro II, 568, Porto Alegre  RS

Membro da:

Logo TMA Brasil.org
Logo Cesar Peres Advocacia Empresarial